"Nesta hora de enorme perda para o país e para a lusofonia de uma grande personalidade, fundadora da democracia portuguesa, promotora da adesão de Portugal à União Europeia e titular dos principais cargos políticos de Portugal, em meu nome pessoal e do Sport Lisboa e Benfica expresso o mais profundo pesar pelo falecimento do Dr. Mário Soares e apresento à família e ao Partido Socialista, de que foi fundador, as mais sentidas condolências”, lê-se no comunicado do clube ‘encarnado’.

Mário Soares, que foi ainda fundador e líder do PS, assim como ministro dos Negócios Estrangeiros e primeiro-ministro, morreu hoje, aos 92 anos, no Hospital da Cruz Vermelha, em Lisboa, onde estava internado desde 13 de dezembro de 2016.

“Democrata, líder político, primeiro-ministro e Presidente da República, Mário Soares participou em 01 de dezembro de 1992, no antigo Estádio da Luz, na festa de homenagem ao nosso Eusébio da Silva Ferreira, condecorando-o com a Comenda da Ordem do Infante num momento que ficará para sempre na nossa memória", rematou Luis Filipe Vieira.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.