O conselho de administração da Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo (ULSBA) divulgou estes dados atualizados em comunicado divulgou hoje na sua página na Internet.

Dos 32 casos positivos de covid-19 ligados a este lar da cidade de Beja, 25 dizem respeito a utentes e sete a funcionários da instituição, referiu.

Fonte da ULSBA adiantou à agência Lusa que as duas pessoas infetadas neste surto e que foram, entretanto, internadas no Hospital José Joaquim Fernandes, em Beja, são “dois utentes”, que se encontram “em enfermaria ‘covid'”, mas não revelou sexo, nem idades.

“Além de todas as medidas já adotadas e protocoladas para estes casos, a Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo acompanha a situação e faz uma avaliação diária articulada com as demais entidades envolvidas”, pode ler-se no comunicado.

A ULSBA informou ainda que, em relação a esta estrutura residencial de apoio a pessoas idosas (ERPI), vão voltar a ser testados os casos negativos e inconclusivos.

O surto de covid-19 identificado no Lar de Idosos do Centro Paroquial e Social do Salvador, em Beja, foi divulgado pela ULSBA, na segunda-feira, quando existiam 31 pessoas infetadas, das quais 24 utentes e sete funcionários.

Trata-se do segundo surto identificado em lares de idosos na cidade de Beja e no período de uma semana, depois de, na passada quarta-feira, ter sido confirmada a primeira situação do género, no lar Mansão de São José, com 107 infetados (agora 106 porque já se registou a morte de uma idosa).

Na segunda-feira, a ULSBA disse que, dos 146 testes de despiste de covid-19 feitos a todos os utentes e funcionários do Lar de Idosos do Centro Paroquial e Social do Salvador, 31 tinham dado resultados positivos, 113 negativos e dois inconclusivos.

O primeiro caso de covid-19 detetado neste lar foi o de uma funcionária que fez um teste que deu resultado positivo no âmbito de um programa de testagem aleatória efetuado pela Segurança Social, explicou à Lusa fonte da ULSBA.

Na sequência do primeiro resultado positivo, foram feitos testes de despiste de covid-19 a contactos diretos da funcionária, o que permitiu detetar a infeção em outras duas funcionárias do lar.

Por isso, a autoridade de saúde decidiu realizar testes a todos os utentes e aos restantes funcionários do lar, disse a fonte.

Portugal contabiliza pelo menos 2.229 mortos associados à covid-19 em 106.271 casos confirmados de infeção, segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde (DGS).

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.