“A terceira fase da migração da rede de emissores da TDT [televisão digital terrestre] começa com a alteração do emissor de Cheleiros, em Sintra, e termina no dia 21 de abril, com o emissor de Piódão”, referiu a Autoridade Nacional de Comunicações (Anacom) em comunicado divulgado na quarta-feira.

“Até dia 10 de março, o processo decorre em simultâneo com a alteração dos emissores da fase 2″, acrescentou, adiantando ainda que alguns emissores do distrito de Setúbal já foram alterados na fase 2.

A Anacom referiu que “nem todos os utilizadores de TDT serão abrangidos neste processo”, salientando que “as pessoas saberão que são abrangidas pela mudança se a sua televisão ficar sem imagem”.

No sexta-feira terá lugar a ressintonia dos emissores TDT de Vila Franca de Xira e, três dias depois, será a vez de Olivais e Montegordo (Vila Franca de Xira).

Em 10 de março, cabe a Alverca, Janas e Lisboa (Xabregas), sendo que um dia depois será a vez de Arruda dos Vinhos, Monsanto e Restelo (Lisboa) e Malveira. Coruche e as zonas de Benfica e Castelo (Lisboa) e Torres Novas – Trancão verão os seus emissores serem ressintonizados em 12 de março.

A migração da faixa da TDT em Cascais está prevista para 18 de março, a de Sintra para dia 20 de março e Peniche para dia 25 de março. Fátima e Alcobaça devem ser alvo de ressintonia em 1 de abril, Coimbra tem início em 06 de abril e Arganil em 20 de abril.

Esta terceira fase estará terminada em 21 de abril, com a migração das frequências em Alvôco das Várzeas e Piódão.

O que fazer se ficar sem televisão?

A Anacom disponibiliza no seu site e portal do consumidor um vídeo que explica este processo de migração da TDT.

"Quando o ecrã da televisão ficar negro apenas será necessário fazer a sintonia da televisão ou do descodificador de TDT e continuarão a ver televisão gratuitamente", referiu a Anacom, salientando que, para ajudar neste processo, o regulador criou uma linha telefónica, de apoio gratuita (800 102 002), que funciona todos os dias entre as 09:00 e as 22:00, para esclarecer dúvidas.

"Caso não consigam fazer a sintonia dos equipamentos por si ou com a ajuda prestada através do número gratuito", a Anacom "agendará uma vista a casa da pessoa para proceder à sintonia, com técnicos seus e de forma gratuita", recordou.

"Atenção, a Anacom só irá a casa de quem ligar para o 800 102 002 e se na sequência desse contacto for feito o agendamento da visita", alertou o regulador.

Os utilizadores da TDT “não têm de ter custos, nem com televisores, antenas ou instalações. Se alguém disser que têm de mudar a televisão ou a antena isso é falso”, advertiu anteriormente o presidente da autoridade nacional de comunicações alertando para eventuais burlas.

As coimas para quem cometer este tipo de infrações “podem ir até aos cinco milhões de euros”.

A TDT disponibiliza atualmente os canais RTP1, RTP2, SIC, TVI, RTP3, RTP Memória e ARTV.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.