O sismo teve o seu epicentro a cerca de 23 quilómetros a sul da cidade de Isangel, na ilha de Tanna, e a uma profundidade de 35 quilómetros.

O Centro de Alerta de Tsunamis do Pacífico disse que "ondas perigosas provocadas por este terramoto são possíveis dentro de 300 quilómetros do epicentro ao longo das costas do Vanuatu e Nova Caledónia".

Não houve relatos imediatos de danos.

Terramotos são comuns na região do Vanuatu, um arquipélago de baixa altitude com 320 mil habitantes que se estende pela região conhecida como Anel de Fogo.

O Anel de Fogo é um arco de intensa atividade tectónica que se estende pelo Sudeste Asiático e pela bacia do Pacífico.

Um terramoto de magnitude 6,7 atingiu o norte de Vanuatu em novembro, e as autoridades alertaram que "pequenas ondas de tsunami" foram detetadas por equipamentos de monitorização no oceano.

Vanuatu é classificado como um dos países mais suscetíveis a desastres naturais, como terramotos, tempestades, cheias e tsunamis, de acordo com o relatório anual World Risk Report.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.