O primeiro-ministro português, António Costa, deixou uma mensagem de solidariedade para com Itália na sua conta oficial do Twitter.

O presidente do Parlamento Europeu, Martin Schulz, também deixou uma mensagem ao povo italiano: "As imagens da destruição causadas pelo sismo em #Itália são de partir do coração. As minhas sinceras condolências para as famílias das vitimas".

François Hollande, presidente francês, deixou uma mensagem de apoio a Matteo Renzi, "O sismo em Itália foi uma tragédia terrível. Transmito ao primeiro-ministro italiano a minha solidariedade e afeto do povo de França".

Mariano Rajoy, chefe do governo espanhol, mostrou-se disponível para ajudar no que for preciso. "Itália pode contar com a solidariedade e carinho do povo de Espanha num momento difícil como este".

Jean-Claude Juncker partilhou, na rede social Twitter, uma carta enviada para Itália, em nome da Comissão Europeia.

O Papa Francisco, na sua conta do Twitter em italiano, escreveu "Exprimo a minha grande dor e a minha proximidade a todas as pessoas presentes nos lugares afetados pelo terramoto"

A Federação de Futebol Italiana deixou uma mensagem de condolência às famílias das vítimas, pedindo "um minuto de silêncio pelas vitímas do terramoto".

Eduardo Ferro Rodrigues, presidente da Assembleia da República, enviou à presidente da Câmara dos Deputados italiana, Laura Boldrini, uma mensagem de solidariedade, a título pessoal e em nome da Assembleia da República.

“Os nossos pensamentos estão com o Povo Italiano, e, em particular, com as famílias das vítimas, a quem endereçamos a manifestação do nosso sentido pesar", pode ler-se na carta enviada.

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, apresentou ao Presidente Italiano, em seu nome e em nome do Povo Português, "as mais sentidas e sinceras condolências pela crise sísmica que provocou dezenas de mortes e feridos na região centro de Itália".

O clube italiano AS Roma "lamenta as vitímas do terrmato de Itália" e "junta-se às famílias afectadas por este trágico acontecimento".

A cantora Laura Pausini também deixou uma mensagem para "a sua Itália". "Itália, minha terra... Gostava de estar aí... E estou, com o meu coração e com as minhas orações."

Fabio Cannavaro, antigo capitão da squadra azzurra, disse-se "sem palavras para descrever esta tragédia" e "perto de todos os que estão envolvidos".

O Inter de Milão também enviou uma mensagem através das redes sociais, "Um dia de tristeza. Estamos com as famílias das vítimas do terramoto no centro de Itália", pode ler-se.

O jogador italiano, Stephan El Shaarawy, também se pronunciou sobre a tragédia desta madrugada. "Os meus pensamentos vão para as famílias afetadas pelo terramoto no centro de Itália. Estou com vocês".

Leonardo Bonucci, defesa italiano que milita na Juventus, também comentou os recentes acontecimentos, dizendo que "Há muitas publicações nas redes sociais. Vou ficar em silêncio nas redes em sinal de respeito".

O jornalista italiano da Sky Sport, Gianluca Di Marzio, partilhou imagens de última hora. 

O tenista italiano Fabio Fognini deixou "um pensamento para com as pessoas afetadas pelo terramoto em Itália".

O AC Milan fez um posto onde se mostrou solidário com as famílias das vítimas e onde partilhou os números da Proteção Civil.

Lorenzo De Silvestri, defesa centrar do Torino, partilhou uma foto de fundo negro dizendo que aquela era, agora, a cor de Itália e descreveu a tragédia como "terrível".

O actor italiano Salvatore Esposito afirmou, no Twitter, que "estamos todos perto das vítimas desta tragédia".

Giueppe Rossi, o conhecido jogador de futebol italiano, deixou no Twitter a seguinte mensagem: "Não consigo acreditar nas notícias. Lamento muito. Estamos todos com as vítimas".

O seis vezes campeão de motociclismo, Max Biaggi, deixou uma mensagem de solidariedade para com o seu país, "Toda a minha silariedade e simpatia para as pessoas afectadas pelo terramoto no centro de Itália. Neste momento tudo o que podemos fazer é rezar".

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.