Muitas das vítimas morreram devido ao desabamento de telhados e paredes, disse Suhail Anwar Hashmi, funcionário do governo provincial do Baluchistão, citado pela agência France-Presse. Entre os mortos há pelo menos seis crianças.

"Estamos a receber informações de que 20 pessoas morreram. Os trabalhos de resgate estão em andamento", indicou o ministro provincial do Interior, Mir Zia ullah Langau, citado pela mesma fonte. Naseer Nasar, chefe da autoridade provincial de Gestão de Desastres, havia já dado conta da morte de entre 15 e 20 pessoas.

A área mais afetada foi a cidade remota montanhosa de Harnai, onde os esforços de resgate foram dificultados pela falta de vias pavimentadas, eletricidade e sinal de rádio.

Segundo o Serviço Geológico dos Estados Unidos, o terramoto teve magnitude de 5,7 graus e profundidade de cerca de 20 km.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.