A trégua deveria terminar às 07:00 (05:00 em Lisboa), mas, um quarto de hora antes, o exército israelita emitiu um comunicado no qual se informava que a “pausa operacional” iria continuar, “tendo em conta os esforços dos mediadores para prosseguir o processo de libertação dos reféns” detidos na Faixa de Gaza.

O Hamas, por seu lado, afirmou que a trégua se prolongou por “um sétimo dia”.

O prolongamento da trégua até sexta-feira também já foi confirmado pelo mediador Qatar.

“As partes palestiniana e israelita concordaram em prolongar a trégua humanitária na Faixa de Gaza por mais um dia”, declarou em comunicado o porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros do Qatar, Majed al-Ansari.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.