“Acabamos de matar o líder desse ataque, Yamal al Badawi. O nosso trabalho contra a Al-Qaeda continuará”, escreveu Donald Trump na sua conta da rede social Twitter.

Em outubro de 2000, o navio de guerra USS Cole foi alvo de um ataque terrorista no Iémen que provocou a morte a 17 militares dos Estados Unidos.

Donald Trump adianta que o exército norte-americano “fez justiça aos heróis mortos e feridos no covarde ataque ao USS Cole”.

“Nunca vamos parar a nossa luta contra o terrorismo islâmico radical!”, sustenta ainda o Presidente dos Estados Unidos.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.