De acordo com a mesma fonte, o suspeito do atropelamento com um veículo ligeiro de passageiros foi detido pela GNR, que policiava a zona das festas, ainda no interior da viatura, que ficou imobilizada no local.

O atropelamento ocorreu pouco depois das 02:00 na Rua Silva Evaristo, que estava interdita ao trânsito devido às festas, indicou a fonte.

Alegando desconhecer se o atropelamento foi propositado ou não, a fonte da guarda referiu que a rua estava cortada ao trânsito e que para o automóvel entrar tiveram de ser desviadas as baias de segurança.

"O indivíduo atropelou seis pessoas", disse a mesma fonte, referindo que uma jovem de 17 anos ainda foi transportada para o Hospital Garcia de Orta, em Almada, onde acabou por morrer.

Os cinco feridos, considerados ligeiros, foram transportados para o hospital do Barreiro.

A fonte da GNR escusou-se a divulgar mais pormenores sobre o suspeito, incluindo a idade, indicando apenas ser um homem, que vai ser presente hoje ao Tribunal do Barreiro para aplicação de eventuais medidas de coação.

Fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Setúbal disse à Lusa que o socorro mobilizou os bombeiros da Moita e a GNR, além de terem sido acionadas as viaturas médicas de emergência e reanimação (VMER) de Setúbal e Almada.

O CDOS de Setúbal recebeu o alerta às 02:31.

[Notícia atualizada às 11:23]

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.