“A União Europeia está a preservar os compromissos assumidos com a Turquia e com os refugiados mais vulneráveis. Esta nova tranche permitir-nos-á alcançar mais de 1,6 milhões de refugiados, ajudando-os a viver dignamente na Turquia”, destacou o comissário europeu para a Ajuda Humanitária e Gestão de Crises, Christos Stylianides, citado em comunicado.

Com esta nova verba, a contribuição da União Europeia para aquele programa ascende já aos 1.125 milhões de euros.

A Rede de Segurança Social de Emergência providencia ajuda financeira mensal aos refugiados sírios na Turquia através de um cartão de débito especial que pode ser usado unicamente naquele país para pagar necessidades diárias, como alimentação ou alojamento.

O Mecanismo em favor dos refugiados na Turquia foi criado em 2015 e tem um orçamento global de seis mil milhões de euros, dos quais 5,6 mil milhões já foram alocados e 2,4 mil milhões já foram desembolsados, em mais de 80 projetos já em curso.

A ajuda humanitária da UE na Turquia incide no apoio aos refugiados mais vulneráveis, através de programas de saúde, educação, proteção e garantia de necessidades básicas.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.