"No âmbito da operação Ano Novo da GNR, foi realizada uma ação de fiscalização na fronteira de Vilar Formoso, tendo sido abordado um autocarro de passageiros proveniente de Espanha, onde foram detetados 12.141 maços de tabaco acondicionados em 20 caixas de tabaco com 50 volumes cada, correspondente a 200 mil cigarros", explica a GNR em comunicado.

A apreensão foi hoje efetuada pela Unidade de Ação Fiscal, através do Destacamento de Ação Fiscal de Coimbra, com o apoio de militares do Destacamento de Trânsito do Comando Territorial da GNR da Guarda.

"A mercadoria apreendida tem um valor estimado de 42 mil euros, o que se traduz numa evasão fiscal de 25 mil euros de imposto tributário, acrescido de cerca de dez mil euros de IVA", adianta a nota.

Segundo a fonte, o tabaco era produzido na África do Sul e entrava em território europeu por via aérea, "sendo posteriormente distribuído para diferentes países por via terrestre, nomeadamente para Portugal".

A Unidade de Ação Fiscal da GNR adianta que durante a ação de fiscalização foram identificados cinco suspeitos, com idades compreendidas entre 20 e 40 anos, e elaborados os respetivos autos de contraordenação.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.