Em declarações, o diretor de arte do Centro Artístico - A Casa Ao Lado, a quem cabe, a par da autarquia e da Casa da Juventude, a dinamização do projeto, apontou que o "Urban Youth" quer também proporcionar aos jovens participantes a possibilidade de promoverem uma "cidadania mais participativa".

Até o final deste ano o projeto vai abranger oito freguesias, estando já previstas mais oito pinturas murais noutras freguesias, a serem realizadas durante 2019 e 2020.

"Sob a nossa orientação, os trabalhos estão a ser executados por jovens de Famalicão, sendo que o objetivo passa por proporcionar-lhes a oportunidade de usufruir da experiência artística e de adquirir valores no sentido de promover uma cidadania mais participativa", explicou Ricardo Miranda.

Segundo o responsável, "esta descentralização da arte urbana para os meios rurais tem sido muito bem acolhida e até têm sido os próprios presidentes das juntas a contactar o Pelouro da Juventude, de forma usufruírem do projeto".

Ricardo Miranda apontou mesmo a ambição de "ver esta iniciativa cobrir as 48 freguesias de Famalicão para, no final, produzir um livro ilustrativo de toda a obra realizada".

Os murais das freguesias de Sinçães, Requião, Jesufrei, zona das Lameiras e Santiago D'Antas já estão concluídos e sábado vai ser inaugurada mais uma pintura, da autoria de 15 jovens famalicenses, desta vez no parque infantil das Camélias, na freguesia de Bairro.

Este novo trabalho é um mural de 24 metros de comprimento e "ilustra a forte ligação daquela localidade ao barro e à cerâmica".

O Centro Artístico - A Casa Ao Lado procura o envolvimento em projetos que, partindo de uma educação/formação artística de base, permitam "assegurar o cunho artístico interventivo nas comunidades, consagrando a sua marca e primando pela autenticidade".

O centro desenvolve as suas valências de ensino, experimentação e intervenção numa "ação intergeracional promotora do conhecimento e sensibilização artística articulada à responsabilidade social", focando diferentes temáticas e disciplinas das artes plásticas e visuais.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.