Num comunicado, o governador da Florida, Rick Scott, informou que promulgou a lei SB 498, anulando a legislação anterior, que proibia, sob pena de quase 60 dias de prisão e multa de 500 dólares, que um casal "se associasse lascivamente e coabitasse" sem estar legalmente casado.

A SB 498 foi aprovada pelo Congresso da Florida, onde legisladores tentavam, há anos, abolir a lei. A legislação de 1868 foi usada em raras ocasiões, segundo uma análise estadual, mas serviu para sancionar pessoas que cometeram irregularidades adicionais.

Em 1979, por exemplo, o estado americano suspendeu a licença de venda de álcool de uma empresa, alegando que seis dos seus funcionários estavam a violar a lei contra a coabitação. A Florida uniu-se, dessa forma, a uma lista de estados americanos que revogaram leis "anticoabitação" nos últimos tempos. Somente o Mississippi e o Michigan continuam a ter legislações dessa natureza.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.