Após o dia de descanso, Sáez foi o mais forte dos 11 fugitivos e completou os 189,2 quilómetros de percurso iniciado em Torre de Moncorvo em 4:55.14 horas, cortando a meta com sete segundos de vantagem sobre o canadiano Benjamin Perry (Israel Cycling Academy) e 10 em relação ao espanhol Tzomin Juristi (Euskadi).

Gustavo Veloso cortou a meta quase nove minutos depois, mas foi-lhe atribuído o tempo do grupo principal, que chegou a 4.29 do vencedor, uma vez que a queda aconteceu dentro dos últimos três quilómetros.

O galego conservou a camisola amarela, com 15 segundos de avanço para o colega de equipa João Rodrigues, que também esteve envolvido na queda, e 22 sobre o espanhol Vicente García de Mateos (Aviludo-Louletano), terceiro.

Na quinta-feira, a sétima etapa, com 156,2 quilómetros, vai ligar Bragança a Montalegre, com final na Serra do Larouco, a 1.500 metros de altitude, onde a meta coincide com contagem montanha de primeira categoria.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.