A conferência anual de tecnologia está agora prevista para ter lugar em Lisboa, de 2 a 4 de dezembro. A informação foi inicialmente avançada pela CNBC, tendo, inclusive, Paddy Cosgrave, cofundador e presidente executivo da Web Summit, partilhado no Twitter a notícia.

Todavia, no site oficial da cimeira também já é possível dar conta das novas datas e, sensivelmente a meio da manhã, Cosgrave não só confirmava o adiamento como anunciava que o primeiro bilhete para o evento já estava vendido.

O formato desta edição será diferente dos anos anteriores e vai decorrer offline e online. No entanto, as medidas concretas só deverão ser anunciadas esta tarde por Paddy Cosgrave, quando o CEO da Web Summit prestar declarações numa conferência de imprensa online, agendada cerca das 15h30, para dar conta das novidades e o futuro dos eventos presenciais.

Este ano, a Web Summit deverá contar com a participação de até 100 mil pessoas numa plataforma online, que a empresa desenvolveu para a sua conferência de tecnologia Collision, que geralmente é realizada fisicamente em Toronto, no Canadá.

De resto, o "Collision from Home", o seu 'evento irmão' e que este ano aconteceu em modo remoto, que só termina na quinta-feira, dia 25, já atraiu mais de 30 mil participantes esta semana.

"Estamos a construir software que permite ligações em eventos há mais de meia década, para que possamos atuar naturalmente online", disse Paddy Cosgrave. Desta forma, o evento continua a permitir "pessoas de todo o mundo", disse o CEO, citado pela CNBC.

Anúncio que iria decorrer em Lisboa já tinha sido feito

Na sequência da pandemia de covid-19, muitos dos eventos internacionais foram cancelados ou adiados. Contudo, na rede social Twitter, Paddy Cosgrave já tinha afirmado que "a Web Summit vai avançar este ano em Portugal", sem adiantar mais detalhes sobre o tema.

Numa outra mensagem, Cosgrave acrescentou que aquela que é considerada uma das maiores cimeiras tecnológicas "irá aderir aos mais rigorosos protocolos de saúde, conforme orientação do Governo de Portugal". A confirmação sobre a realização física do evento só será conhecida em outubro.

Na edição de 2019, o evento contava mais de 70,4 mil participantes registados de 163 países, sendo que quase metade (46,3%) eram mulheres.

Fundada em 2010 por Paddy Cosgrave, Daire Hickey e David Kelly, a Web Summit é considerada um dos maiores eventos de tecnologia, inovação e empreendedorismo do mundo e evoluiu em menos de seis anos de uma equipa de apenas três pessoas para uma empresa com mais de 150 colaboradores.

A cimeira tecnológica, que nasceu em 2010 na Irlanda, passou a realizar-se em Lisboa em 2016 e vai manter-se na capital portuguesa até 2028.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.