O técnico de 45 anos, que subiu na época passada o Santa Clara à I Liga, deixa a 'briosa' um dia depois da eliminação da Taça de Portugal (1-0), na deslocação a Pedras Salgadas, que motivou a fúria dos adeptos.

Contratado no início da época para suceder a Quim Machado, que foi o terceiro treinador da época passada, Carlos Pinto sai de Coimbra após sete jogos, nos quais somou apenas uma vitória, quatro empates e duas derrotas.

Em comunicado, a direção da Académica adianta que a rescisão abrange também os adjuntos Pedro Machado e Emanuel Konde.

"A decisão, tomada por mútuo acordo, tem efeitos imediatos", lê-se na nota.

A passagem de Carlos Pinto pela 'briosa' pautou-se por alguns episódios que não foram do agrado dos sócios, nomeadamente o afastamento do capitão João Real, que, mais tarde, foi reintegrado, e o desentendimento com Zé Castro, que levou o central a abandonar o clube.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.