Segundo adianta o Jornal de Notícias, o caso passou-se no 36.º minuto do jogo, quando os adeptos do FC Porto celebravam um golo que entretanto seria anulado pela equipa disciplinar.

Um adepto portista, com uma criança ao colo, encontrava-se sentado na bancada central, normalmente ocupada pelos adeptos estorilistas.

Um grupo de adeptos do Estoril começou a dirigir insultos ao homem, que se retirou do local para evitar uma escalada da situação. Reporta o JN que a criança ao colo começou a chorar com a situação. O portal ZeroZero adianta que um dos adeptos estorilistas cuspiu em direção ao homem visado.

Este episódio foi captado por testemunhas no local, que o partilharam nas redes sociais.

O caso ocorre sete dias depois de, no passado sábado, uma criança ter sido forçada durante o encontro entre o SL Benfica e o Famalicão, da sexta jornada, a despir a camisola dos encarnados numa bancada em clara maioria de adeptos locais.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.