Os bávaros tinham praticamente dois ‘pés’ na fase seguinte, depois da vitória por 4-1 na primeira mão, e limitaram-se a confirmar o expetável, com novo triunfo, em Munique, por 2-1, ‘carimbando’ a 15.ª participação nos ‘quartos’ no século XXI.

O goleador polaco Robert Lewandowski inaugurou o marcador, aos 33 minutos, convertendo uma grande penalidade cometida por Mohamed Farès sobre Goretzka, e o camaronês Maxim Choupo-Moting dilatou a vantagem, aos 73, antes de Marco Parolo reduzir para os romanos, aos 82.

Além de mais um triunfo na presente edição da ‘Champions’, que lhe conferiu um agregado de 6-2 na eliminatória, o Bayern de Munique somou o 19.º jogo seguido sem perder na prova ‘milionária’.

O atual detentor do cetro não é derrotado há dois anos, desde 13 de março de 2019, quando foi eliminado pelo Liverpool nos oitavos de final da competição, ao perder por 3-1 em Anfield Road.

Já o Chelsea volta a marcar presença nos ‘quartos’ sete anos depois, sendo que a última vez tinha ocorrido sob o comando do português José Mourinho, em 2013/14, numa edição em que chegou mesmo às meias-finais, mas acabou eliminado precisamente pelo Atlético de Madrid.

Desta feita, os londrinos, que traziam de Madrid uma vantagem de 1-0, venceram em Stamford Bridge por 2-0, numa partida em que o internacional português João Félix integrou o ‘onze’ dos ‘colchoneros’, que terminaram reduzidos a 10 elementos, por expulsão de Stefan Savic.

O marroquino Hakim Zyech abriu o marcador, aos 34 minutos, e o italo-brasileiro Emerson, que tinha entrado segundos antes, fixou o resultado, aos 90+4, anotando o 9.000.º golo da história da Liga dos Campeões, cerca de dois anos e meio depois de o argentino Erik Lamela (Tottenham) ter marcado o 8.000.º, em outubro de 2018.

O Chelsea, que se sagrou campeão europeu em 2012, segue invicto sob o comando de Thomas Tuchel, somando nove vitórias e quatro empates em todas as competições desde que o treinador germânico, finalista com Paris Saint-Germain na época passada, substituiu Frank Lampard.

Bayern de Munique e Chelsea fecham, assim, o lote das oito equipas que vão disputar os quartos de final da Liga dos Campeões, juntando-se a Liverpool, PSG, FC Porto, Borussia Dortmund, Real Madrid e Manchester City.

Sem qualquer restrição, o sorteio dos ‘quartos’ está agendado para sexta-feira, às 11:00, na sede da UEFA, em Nyon.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.