Um golo de Pauleta, aos 49 minutos, valeu o triunfo ao ‘onze’ do estreante Luís Andrade, que na primeira parte desperdiçou um penálti, aos 29, pela brasileira Darlene, num jogo que as ‘arsenalistas’ acabaram com 10, por expulsão de Rayanne, aos 63.

A formação ‘encarnada’, que sucedeu na lista de vencedores ao Sporting de Braga, manteve o pleno de títulos, já que em 2018/19, na sua primeira época no futebol feminino, arrebatou o nacional da II divisão e a Taça de Portugal.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.