O líder Benfica aumentou hoje para seis pontos a vantagem sobre o FC Porto no topo da I Liga portuguesa de futebol, ao vencer em casa dos 'dragões', por 1-0, em jogo da 10.ª jornada.

Num encontro em que jogou em superioridade numérica desde os 27 minutos, depois da expulsão de Eustáquio, o Benfica marcou o único golo da partida aos 72 minutos, por Rafa.

O treinador do FC Porto, Sérgio Conceição, acabou expulso já no final da partida por protestar junto do árbitro.

"Esta é daquelas derrotas que, dentro do muito, há pouca coisa a dizer. Estou muito orgulhoso dos meus jogadores. Foi um bom jogo contra uma equipa que está a atravessar o melhor momento", disse Sérgio Conceição na conferência de imprensa. "Estamos aqui para dar luta e vamos ganhar este campeonato porque somos os melhores", concluiu o treinador do Porto dando um murro na mesa ao sair da sala.

Do lado do Benfica, Roger Schmidt, disse que "mantiveram o jogo sempre controlado. Na segunda parte, tivemos mais bola e isso foi determinante para vencer a partida. Estou muito feliz com o rendimento dos meus jogadores", disse o alemão no comando técnico do clube das águias.

Ainda em fase de rescaldo, Schmidt reconhece que estes jogos são sempre especiais e frisa que foi "uma vitória muito importante, mas que isso não significa nada, há muito caminho pela frente. Estamos, agora, focados na Juventus", rematou.

Com este triunfo, os 'encarnados', que, em 19 jogos esta temporada, ainda não perdeu, passam a somar 28 pontos, mais seis do que o FC Porto, que interrompeu uma série de cinco triunfos seguidos em todas as competições. O Benfica não vencia no Dragão desde 2019.

Veja aqui o golo:

FC Porto 0 - 1 SL Benfica (Rafa)

(notícia atualizada às 22h50)

*com Lusa

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.