O ex-sportinguista regressou em boa forma da longa paragem da ‘Premier League’ causada pela pandemia de covid-19 e fez uma excelente exibição, a assumir a ‘batuta’ do jogo dos ‘red devils’, tendo efetuado vários passes preciosos, um dos quais, aos 64 minutos, deixou o francês Anthony Martial na ‘cara’ do golo, evitado in-extremis por Eric Dier, mas seria ele próprio a restabelecer o empate, de penálti, aos 81.

O Manchester United teve quase sempre a iniciativa de jogo e, como tal, muito mais posse de bola, perante um Tottenham, sem as individualidades dos seu adversário, a jogar à imagem de José Mourinho, com as linhas mais baixas, a ceder a iniciativa e a explorar o contra-ataque, estratégia que deu resultado aos 27 minutos, quando o avançado holandês Steven Bergwijn inaugurou o marcador.

Em vantagem no marcador, o Tottenham ficou confortável na estratégia de Mourinho, a qual só não foi bem sucedida, porque o francês Paul Pogba, lançado em campo aos 63 minutos após longa ausência dos relvados, ‘cavou’ um penálti num lance na área com Eric Dier.

Bruno Fernandes, que alinhou durante os 90 minutos, marcou com competência o penálti, atirando para o lado oposto ao que se lançou o ‘dono’ da baliza da seleção campeã mundial, o francês Hugo Lloris.

Já em período de compensações, o árbitro assinalou novo penálti contra o Tottenham que deixou José Mourinho furioso, por alegada falta sobre Bruno Fernandes, mas a infração não existiu e o médio português tentou forçar o castigo máximo, que seria revertido pelo videoárbitro.

Com este empate, o Manchester United mantém-se em quinto lugar, com 46 pontos, enquanto o Tottenham é oitavo, com 42.

No outro jogo de hoje da 30.ª jornada, o Southampton foi ao terreno do Norwich, lanterna-vermelha, vencer por 3-0, com os três golos a serem marcados depois do intervalo, aos 49, 54 e 79 minutos, por Danny Ings, Stuart Armstrong e Nathan Redmond, respetivamente.

Com este triunfo, o Southampton é 13.º, com 37 pontos, enquanto o Norwich é o último da tabela classificativa, com 21.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.