Depois dos triunfos de Borussia Moenchengladbach e de Bayer Leverkusen na ronda, os pupilos de Julian Nasglesman estavam obrigados a vencer no reduto de um adversário que passa por um mau momento, tendo somado hoje o quinto encontro sem vencer.

A formação da casa até foi quem melhor entrou na partida, graças ao tento madrugador (07 minutos) do colombiano Jhon Cordoba, que viria a ser substituído instantes depois devido a lesão.

Contudo, o golo sofrido ‘acordou’ o Leipzig, que à beira do intervalo virou o resultado, pelo francês Nkunku (38), já depois de o colega checo Patrik Schick ter sido mais forte entre os centrais para bater de cabeça o guardião Horn (20).

No segundo tempo, apesar de os locais ainda terem atenuado o marcador com um golo de Anthony Modeste (55), foi o Leipzig a impor a sua supremacia, aos 50, pelos pés do segundo melhor marcador da prova, o alemão Timo Werner, agora com 25 tentos, só superado pelo polaco Robert Lewandowski, do líder Bayern Munique, que tem 28.

O médio espanhol Dani Olmo, que tem sido pouco utilizado, viria a estrear-se a marcar (57) pela equipa no campeonato, com um remate colocado à entrada da área, e a confirmar os três pontos para os visitantes, que, assim, voltam ao terceiro lugar, com 58, menos dois do que o Borussia Dortmund, enquanto o Colónia é 11.º colocado, com 34.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.