"A Câmara Municipal da Praia da Vitória e a Câmara Municipal de Olhão vão solicitar, em conjunto, uma reunião com o Secretário de Estado da Juventude e do Desporto para contestar a decisão da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) de impedir o acesso dos clubes Praiense e Olhanense à II Liga de Futebol", lê-se no comunicado enviado pela Câmara da Praia da Vitória.

A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) anunciou que vai indicar o Vizela e o Arouca para a subida, alegando o "mérito desportivo", já que foram os "dois clubes com maior número de pontos".

De fora da decisão da FPF, ficaram o Praiense, líder da série C, e o Olhanense, líder da série D.

"As autarquias entendem que a decisão da FPF de dar por concluído o Campeonato de Portugal e promover à II Liga o FC Vizela e o FC Arouca, sem disputa de ‘play-off’ com as restantes equipas em primeiro lugar nas séries da prova, põe em causa a verdade desportiva", assinala a nota de imprensa.

Os dois municípios classificam a decisão da FPF como "absurda", uma vez que fere os "mais básicos princípios desportivos".

"Justificar a decisão com os pontos das equipas do Vizela e do Arouca, líderes nas suas séries, fazendo de conta que os líderes das outras séries não são líderes com total justiça é ferir os mais básicos princípios desportivos", destacam.

As Câmaras lideradas pelos socialistas Tibério Dinis e António Pina, da Praia da Vitória e Olhão, respetivamente, salientam que a decisão da FPF afeta também os "dois concelhos" e que as "duas comunidades, que merecem outro respeito".

As autarquias salientam que decidiram "unir esforços" para que seja possível "repor a justiça", defendendo que a "tutela tem de intervir".

A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) anunciou em 08 de abril o cancelamento dos campeonatos seniores não profissionais de futebol e futsal da época 2019/20, devido à pandemia de covid-19.

Vizela (Série A, com 60 pontos), Arouca (B, com 58), Praiense (Série C, com 53 pontos) e Olhanense (D, com 57) eram os líderes até à conclusão do campeonato.

O Campeonato de Portugal é composto por 72 clubes, dividido em quatro séries, cada uma com 18 equipas, sendo que os dois primeiros classificados de cada série são apurados para um ‘play-off' que determina a subida de dois clubes à II Liga.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.