Cesc Fabregas foi vendido pelo Chelsea por valores não identificados, mas que, segundo uma fonte da AFP, serão apenas pagas e calculadas mediante as atuações do jogador.

O espanhol encerra assim a sua etapa em Inglaterra, 501 jogos depois. O médio estava no Chelsea desde 2014, tendo ganho dois títulos da Premier League (em 2014-15 com José Mourinho e em 2016-2017 sob as ordens de Antonio Conte), uma Taça de Inglaterra (2017-18) e uma Taça da Liga inglesa (2014-15), mas não fazia parte dos planos do técnico Maurizio Sarri.

O seu último jogo pelos "blues" foi no passado sábado, 5 de janeiro, tendo o espanhol capitaneado a sua equipa contra o Nottingham Forest numa partida a contar para a Taça de Inglaterra. No final, o jogador saiu de campo em lágrimas, enquanto aplaudia os adeptos.

O espanhol vai reencontrar como treinador um homem com quem partilhou o balneário no Arsenal, Thierry Henry. Estrela dos "gunners" nos anos em que militou no clube (2003-2007), Fabregas ganhou uma Taça de Inglaterra e foi titular na final da Liga dos Campeões perdida contra o Barcelona em 2006, clube para onde seguiria na sua carreira. Nos "blaugrana", o espanhol ganhou seis título, incluindo uma Liga Espanhola e a Taça do Mundo de Clubes.

Depois da contratação do defesa brasileiro Naldo e do lateral Fodé Ballo-Touré, Fábregas é o terceiro reforço da equipa monegasca no mercado de inverno. O clube do Principado ocupa o 19° lugar da Ligue 1.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.