Sete vezes vencedor da competição e pela nona vez na final, o Egito marcou primeiro na meia-final disputada em Libreville, por Mohamed Salah, aos 67 minutos, mas a seleção orientada pelo português Paulo Duarte igualou, aos 73, por Aristide Bance, e forçou o tempo extra.

Nos 30 minutos suplmentares, o resultado não se alterou e foi necessário recorrer ao desempate da marca de grande penalidade. O Egito falhou o primeiro, mas marcou os quatro seguintes e assegurou presença na final da CAN2017, ficando a aguardar pelo resultado da outra meia-final, que opõe Camarões e Gana na quinta-feira, para conhecer o seu adversário de domingo.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.