O corredor, de 32 anos, comunicou a mudança de equipa através da rede social Facebook, na qual agradeceu “a toda a equipa Efapel” por três anos “fantásticos”.

Em jeito de balanço, Mestre qualificou a temporada de 2018 como uma em que não atingiu “todos os objetivos pessoais traçados”, fazendo ainda assim “um balanço bastante positivo, com vontade de trabalhar mais e melhor em 2019″.

Em 2018, o português venceu a Clássica Aldeias do Xisto, em março, terminando em nono da geral o Grande Prémio das Beiras e Serra da Estrela e em oitavo a Volta a Castela e Leão, em Espanha.

Na Volta a Portugal, foi 29.º no final, depois de ter conseguido ser segundo na sétima etapa, terceiro na sexta e de ter ido ao ‘top 10′ mais duas vezes.

A W52-FC Porto, que venceu a última Volta a Portugal com o espanhol Raúl Alarcón, é candidata à subida ao estatuto de equipa continental profissional, segundo escalão da União Ciclista Internacional (UCI).

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.