A 30.ª edição da corrida, vencida em 2019 por Ricardo Mestre (W52-FC Porto), previa cinco etapas, entre sexta-feira e domingo e entre 7 e 8 de novembro.

“Na base da anulação da corrida (…), estão o agravar da pandemia da Covid-19 no país e as restrições impostas pelo Governo, que levaram à emissão de pareceres negativos à realização da corrida, nomeadamente da empresa Infraestruturas de Portugal e das autoridades sanitárias, com os delegados de saúde a não autorizarem as etapas nas cidades”, lê-se no comunicado do jornal.

A organização anunciou a realização da prova em agosto de 2021, agradecendo o empenho na preparação da corrida aos “municípios do Porto, Vila Nova de Gaia, Gondomar, Viana do Castelo, Santo Tirso, Vila Real e São Pedro do Sul” e aos patrocinadores.

Face ao aumento do número de infetados com o novo coronavírus, o Governo proibiu a circulação entre concelhos do continente entre as 00:00 de sexta-feira e as 06:00 de dia 3 de novembro, terça-feira.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.