"Tendo em conta que este segundo jogador infetado esteve em contato com outros elementos da delegação do KF Drita nos últimos dias, as autoridades de saúde da Suíça optaram por colocar em quarentena toda a equipa do Kosovo. Desta forma, o jogo não poderá ser realizado", referiu a UEFA, em comunicado.

O jogador em causa acusou positivo no teste de rastreio ao novo coronavírus na segunda-feira, depois de na sexta-feira passada ter apresentado resultado negativo, aquando da chegada da equipa à Suíça, para disputar o jogo com o Inter Escaldes, de Andorra.

Segundo a UEFA, nesse mesmo dia, véspera da partida com o conjunto andorrenho, um outro atleta do KF Drita teve resultado positivo durante a bateria de testes, tendo sido colocado imediatamente de quarentena, à semelhança de outro colega de equipa, com quem tinha estado em contato.

O caso vai ser agora avaliado pelo Comité de Controlo, Ética e Disciplina da UEFA.

Na mesma nota, a UEFA salientou a "importância de todas as equipas, jogadores, oficiais e restantes envolvidos respeitarem o protocolo" delineado pelo organismo para o regresso às competições.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.