"As federações e os seus clubes, cientes das suas responsabilidades, estão a fazer todos os esforços para alterar a calendarização da sua atividade desportiva agendada para os 121 concelhos, no sentido de acomodar a realização dos jogos e recalendarizar os restantes, para que todos se disputem nos períodos em que não se verifiquem restrições legais à circulação, seguindo assim as orientações das autoridades", pode ler-se na nota hoje divulgada.

As restrições trazidas pelo estado de emergência já levaram a Federação Portuguesa de Futebol (FPF) a marcar para as 11:00 os jogos previstos para o fim de semana de 14 e 15 de novembro.

Entre as medidas que entraram na segunda-feira em vigor, constam o recolher obrigatório noturno durante a semana (entre as 23:00 e as 05:00) e ao fim de semana a partir das 13:00 nos 121 concelhos de maior risco de contágio pelo novo coronavírus.

Nestes 121 municípios, abrangendo 70% da população residente, estão incluídos todos os concelhos das Áreas Metropolitanas de Lisboa e do Porto.

Na segunda-feira, a ministra de Estado e da Presidência, Mariana Vieira da Silva, tinha confirmado a continuidade das competições, em entrevista à rádio Antena 1: "Os jogos profissionais, ou equiparados a profissionais, podem acontecer, porque são atividades profissionais e, portanto, enquadrados no âmbito das atividades profissionais que podem existir".

Portugal contabiliza pelo menos 3.021 mortos associados à covid-19 em 187.237 casos confirmados de infeção, segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde (DGS).

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 1,26 milhões de mortos no mundo desde dezembro do ano passado.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.