O futebolista, que trocou o Real Madrid pela ‘Juve’, numa transferência que chegou aos 112 milhões de euros, estava em ‘branco’ pela equipa de Turim, algo pouco habitual em Cristiano Ronaldo.

Nas três jornadas anteriores, em que a equipa treinada por Massimiliano Allegri venceu sempre, Cristiano jogou sempre os 90 minutos, mas faltava-lhe o golo.

“É futebol, o importante é que a equipa ganhe. Talvez estivesse um pouco ansioso. É normal, depois de sair de Madrid, de tudo o que se passou e que me deixou um pouco mais ansioso”, admitiu o português à cadeia italiana Sky Sport.

Hoje, com o resultado sem golos ao intervalo, Cristiano Ronaldo quebrou o ‘jejum’, aos 50 e 65 minutos.

“Estou muito contente, foi um jogo disputado, o Sassuolo jogou bem, há que dar mérito ao que fizemos, estivemos intensos, criámos muitas ocasiões. Óbvio que estou contente por marcar os meus primeiros golos, estava com vontade”, disse o português.

O futebolista, que agradeceu ainda aos companheiros pelo apoio que lhe têm dado, acrescentou que às vezes não se controla a ansiedade, mas que sabia que os golos acabariam por chegar.

“Continuo a adaptar-me à Liga italiana”, acrescentou.

Na quarta-feira, Cristiano Ronaldo tentará estrear-se também a marcar pela Juventus na Liga dos Campeões, com a equipa de Turim a visitar o Valência, na primeira jornada da fase de grupos.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.