“Agora sim, é oficial. Finalmente posso cumprir um dos sonhos da minha vida, trabalhar por uma FIFA limpa e transparente, com pessoas que realmente amam o futebol. Obrigada por todos os que me incentivaram a aceitar este novo desafio”, escreveu o ‘astro’ argentino no seu perfil da rede social Facebook.

A mensagem, escrita em espanhol, italiano e inglês, está acompanhada por uma foto do antigo jogador do FC Barcelona e do Nápoles com o presidente da FIFA, o suíço Gianni Infantino.

A confirmação surge na sequência daquilo que o astro argentino já havia adiantado nas últimas semanas, ao dizer que ia ser “embaixador desportivo” da FIFA e que um dos seus principais objetivos era ‘limpar’ a Associação de Futebol Argentino.

FIFA está a estudar “a melhor maneira” de colaborar com Diego Maradona

A FIFA encontra-se a “avaliar a melhor maneira” de colaborar com o antigo futebolista argentino Diego Maradona, apontaram hoje fontes do organismo à agencia noticiosa espanhola EFE.

“Como reconhecimento da sua única e extraordinária contribuição para o futebol, a FIFA está a avaliar a melhor forma de assegurar que Maradona tenha um papel importante nas atividades da FIFA no que toca à promoção do futebol em todo o mundo, através de projetos de desenvolvimento e do programa de lendas da FIFA”, indicaram as fontes à EFE.

Campeão do mundo no México em 1986, Maradona foi por várias vezes crítico dos antigos presidentes do organismo de cúpula do futebol mundial, em particular o suíço Joseph Blatter.

[Notícia atualizada às 18:26]

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.