Na final do torneio de encerramento da época, reservado aos oito melhores tenistas do ano, Djokovic superou o número quatro mundial com um duplo 6-3, num encontro disputado em piso duro e que teve a duração de uma hora e 44 minutos.

O sérvio, de 36 anos, conseguiu a sétima vitória da carreira, depois de 2008, 2012, 2013, 2014, 2015 e 2022, e é o novo recordista de triunfos das ATP Finals, desempatando com o suíço Roger Federer, que tem seis, enquanto Sinner foi o primeiro italiano a chegar ao encontro decisivo.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.