"Gostaria de partilhar com todos que na próxima época desportiva já não serei treinado pelo professor João Ganço. Foram 25 anos vividos lado a lado, com um percurso recheado de grandes vitórias", lê-se no comunicado de Nelson Évora.

A separação entre Nelson Évora e João Ganço acontece depois de o atleta do Benfica, de 32 anos, ter sido sexto classificado no concurso de triplo nos Jogos Olímpicos Rio2016, disputados em agosto.

"Tenho a certeza de que a dupla Évora/Ganço ficará na história do atletismo e do desporto português. Quero também agradecer profundamente ao professor Ganço toda a dedicação, entrega e companheirismo, em todos os momentos da minha (e nossa) carreira. Novos voos virão, mas a admiração e amizade permanecerá", conclui o atleta.

Nelson Évora, recordista nacional do triplo salto (17,74 metros), não especifica os motivos da separação do seu treinador de sempre nem indica com quem vai trabalhar no futuro.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.