"Gostaria de partilhar com todos que na próxima época desportiva já não serei treinado pelo professor João Ganço. Foram 25 anos vividos lado a lado, com um percurso recheado de grandes vitórias", lê-se no comunicado de Nelson Évora.

A separação entre Nelson Évora e João Ganço acontece depois de o atleta do Benfica, de 32 anos, ter sido sexto classificado no concurso de triplo nos Jogos Olímpicos Rio2016, disputados em agosto.

"Tenho a certeza de que a dupla Évora/Ganço ficará na história do atletismo e do desporto português. Quero também agradecer profundamente ao professor Ganço toda a dedicação, entrega e companheirismo, em todos os momentos da minha (e nossa) carreira. Novos voos virão, mas a admiração e amizade permanecerá", conclui o atleta.

Nelson Évora, recordista nacional do triplo salto (17,74 metros), não especifica os motivos da separação do seu treinador de sempre nem indica com quem vai trabalhar no futuro.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.