O clube de râguebi El Salvador conquistou a Taça Ibérica ao derrotar, em Valladolid, o Grupo Desportivo de Direito (GD Direito), por 27-22.

A jogar em casa perante cerca de 3 mil espetadores, a formação espanhola sagrou-se campeã ibérica, conquistando o quinto troféu da prova que opõe o campeão português ao espanhol.

25 anos depois da primeira Taça conquistada torna-se na equipa com mais títulos nesta competição, cinco no total, mais um que o GD Direito, campeão ibérico no ano passado.

Com a vitória na 37ª edição da Taça Ibérica, o El Salvador fecha, desta forma, com chave de ouro uma época de sonho a que se soma a nível interno a conquista da Liga e da Taça do Rei.

Os “Advogados”, apoiados por uma comitiva de 200 adeptos e jovens jogadores da formação, entraram a ganhar, com dois pontapés de penalidade convertidos por Nuno Sousa Guedes, o melhor em campo do lado do XV português, convertendo 6 penalidades e falhando uma, na 2ª parte. Do lado dos “Colegiais”, numa equipa onde pontificam internacionais espanhóis e jogadores oriundos de Inglaterra, França e Argentina, destacou-se Alexandro de la Rosa.

Ao intervalo, o XV “branco e preto” vencia por 13-12. Somando um ensaio e dois pontapés aos postes, o Direito virou o resultado para 13-22 consentindo, contudo, nova reviravolta no marcador, que terminou 27-22.

A equipa fundada em 1960 no Colégio el Salvador de Valladolid, clube que também aposta bastante na formação, junta às oito Ligas, sete Taças do Rei e 5 Supertaças espanholas expostas na sala de troféus, a 5ª Taça Ibérica, sendo assim os “reis” da competição que é disputada entre os campeões de Portugal e Espanha.

“Pinguins” à solta em Valladolid em fim de semana de râguebi    

A deslocação do Grupo Desportivo de Direito a Valladolid para disputar a Taça Ibérica foi precedida por um Torneio Internacional organizado pelo El Salvador destinado aos escalões de sub10, sub12 e sub14. O GD Direito apresentou-se com 65 atletas, sendo a única formação portuguesa.

Num fim de semana em Valladolid em que o râguebi (torneio internacional juvenil, Taça Ibérica e jogo da Liga que opôs o VRAC, a outra formação de Valladolid ao Alcobendas, de Madrid) disputou as atenções com uma concentração internacional (34º) de motas, denominada “Pinguinos”, organizada pelo Clube de Motos com o mesmo nome.

Caracterizando o frio que se faz sentir nesta altura do ano, a concentração invernal de motos juntou este ano mais 20 mil motards vindos de vários pontos do globo que se juntaram na cidade de Valladolid durante o fim de semana, passeando pelas ruas desta cidade de Castela e Leão.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.