“As cores do arco-íris são um símbolo de como queremos viver, com respeito mútuo e sem discriminar as minorias que foram marginalizadas durante muito tempo”, afirmou o porta-voz do Governo alemão Steffen Seibert.

Tanto o tema da utilização da braçadeira multicolor por parte do guarda-redes do Bayern Munique, como a decisão de iluminar a Allianz Arena, na quarta-feira, dia do jogo com a Hungria, são, segundo o Seibert, “um assunto, em primeiro lugar, da federação alemã de futebol (DFB), da cidade de Munique e dos organismos desportivos independentes”.

O porta-voz governamental aludiu ainda ao arquivamento da investigação por parte da UEFA à utilização desta braçadeira por Neuer, nos dois primeiros jogos do Grupo F do Euro2020, incluindo frente a Portugal, no sábado.

“Noutro terreno de jogo, temos a decisão política de a Hungria proibir a chamada propaganda homossexual”, referiu Seibert, recordando que a Comissão Europeia já prometeu estudar se atenta contra o direito comunitário.

O responsável acrescentou ainda que a chanceler alemã, Angela Merkel, vai acompanhar o jogo pela televisão, concluindo ainda com uma mensagem de felicitação à seleção alemã pelo triunfo frente a Portugal, por 4-2, num encontro que foi “uma verdadeira festa”.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.