“Tenho contrato e vou cumpri-lo. Estou bem aqui”, frisou Lucien Favre, em declarações à cadeia germânica Sky, no dia em que a imprensa alemã noticiou que o treinador de 62 anos irá abandonar o emblema de Dortmund no final da temporada, por não ter alcançado os objetivos propostos.

Na terça-feira, o Borussia, com o português Raphaël Guerreiro no ‘onze’, foi derrotado em casa pelo Bayern Munique, por 1-0, e ficou a sete pontos do rival bávaro, que lidera a Bundesliga, após a 28.ª jornada.

Além de ter avançado com a saída de Favre, que está a cumprir a segunda época em Dortmund, a imprensa germânica divulgou também que o seu substituto será o croata Nico Kovac, ex-treinador do Bayern Munique e do Eintracht Frankfurt.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.