Löw, de 56 anos, continuará a trabalhar com o seu adjunto Thomas Schneider e com o treinador de guarda-redes Andreas Koepke.

A DBF prolongou também o vínculo com Oliver Bierhoff, que irá manter-se como diretor desportiva da seleção até 2024.

No comando técnico da seleção alemã, que assumiu em 2006 depois de ter sido adjunto de Jurgen Klinsmann, Löw venceu o Mundial2014 e a Taça da Confederações em 2017, tendo sido finalista do campeonato da Europa de 2008, diante da Espanha, ao perder por 1-0.

No Mundial2018, a Alemanha vai iniciar a defesa mundial integrada no grupo F, juntamente com as seleções do México, da Suécia e da Coreia do Sul.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.