O selecionador nacional Fernando Santos, que conduziu Portugal à conquista do Euro 2016, em França, está entre os 10 nomeados da FIFA para o prémio de melhor treinador do ano.

Os restantes nomeados são Chris Coleman (País de Gales/Selecionador de País de Gales); Didier Deschamps (França/Selecionador francês); Pep Guardiola (Espanha/FC Bayern de Munique/Manchester City); Jürgen Klopp (Alemanha/Liverpool); Luis Enrique Martínez (Espanha/FC Barcelona); Mauricio Pochettino (Argentina/Tottenham); Claudio Ranieri (Itália/Leicester City); Diego Pablo Simeone (Argentina/Atlético Madrid) e Zinédine Zidane (França/Real Madrid).

O vencedor do prémio da FIFA para o melhor treinador do ano será decidido com base numa votação online aberta a todo o público (25%), à submissão do voto de 200 representantes de meios de comunicação social de seis continentes (25%) e ainda os votos dos capitães e selecionadores das seleções nacionais (50%).

Amanhã serão divulgados os nomes das candidatas ao prémio de melhor jogadora do mundo da FIFA, e na sexta o prémio de melhor jogador do ano da FIFA. Já a lista de 55 nomeados para o melhor onze do ano só será anunciado no final do mês de novembro.

A votação online para a atribuição do prémio de melhor treinador do ano e de melhor jogador do ano terá início dia 4 de novembro e permanecerá aberta até dia 22 deste mês.

O feito inédito alcançado por Fernando Santos à frente da seleção nacional vai-lhe valer um lugar na gala The Best FIFA Football Awards, entre os melhores do mundo.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.