"O Comité Disciplinar da FIFA informou hoje o Sr. Luis Rubiales, Presidente da Real Federação Espanhola de Futebol (RFEF), da abertura de um processo disciplinar contra ele com base nos eventos ocorridos durante a final da Taça do Mundo Feminina da FIFA", pode ler-se no comunicado.

Na cerimónia após a conquista no domingo do primeiro título mundial feminino da Espanha, equipa que bateu na final em Sydney a campeã europeia Inglaterra (1-0), Rubiales abraçou a número 11 espanhola, agarrou-a no rosto e, ato contínuo, deu-lhe um beijo.

De acordo com a FIFA, "estes factos podem constituir violações dos artigos 13.1 e 13.2 do Código Disciplinar".

Foi ainda referido que não serão fornecidas "mais informações sobre este procedimento disciplinar até que uma decisão final seja tomada".

"A FIFA reitera o seu compromisso absoluto com o respeito pela integridade de todas as pessoas e, portanto, condena veementemente qualquer comportamento em contrário", é também referido.

No dia de ontem, Jenni Hermoso, campeã mundial com a seleção espanhola, recorreu ao seu sindicato para pedir sanções para o presidente da Federação Real Espanhola de Futebol, face ao beijo na boca que recebeu após a conquista do torneio.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.