As Caldas da Rainha não estão entre os concelhos de risco muito elevado ou elevado de transmissão de covid-19, o que permite a realização do encontro, apesar de o râguebi ser considerada uma modalidade de alto risco.

A final contará também com a presença de público, de acordo com as normas da Direção-Geral da Saúde (DGS) em vigor para os concelhos que não estão classificados como sendo de risco muito elevado.

O Belenenses venceu o CDUL, na quarta-feira, por 21-12, nas meias-finais, enquanto o Técnico derrotou o Direito, no dia anterior, por 28-27, em encontros disputados no Centro de Alto Rendimento do Jamor, numa altura em que o concelho de Oeiras ainda não estava classificado como sendo de risco elevado.

Os dois clubes, ambos com quatro Taças de Portugal no seu historial, repetem a final de 2019, a última disputada antes da pandemia de covid-19.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.