“Podemos confirmar que Turquia, Bahrain (que recebe duas corridas) e Abu Dhabi integram o calendário revisto para esta temporada”, lê-se no comunicado da Fórmula 1, no qual fica, também, confirmada a ausência da China do calendário deste ano, prova que tinha sido inicialmente adiada.

Desta forma, o GP da Turquia realiza-se a seguir ao de Portugal, de 13 a 15 de novembro.

Seguem-se as duas corridas no Bahrain, nos dias 29 de novembro e 06 de dezembro, com o campeonato a terminar no dia 13 de dezembro, em Abu Dhabi.

“Lamentamos não podermos cumprir algumas das corridas planeadas para este ano, mas estamos confiantes de que a nossa temporada começou de forma positiva e continuará a mostrar muita animação”, disse o norte-americano Chase Carey, responsável máximo da Fórmula 1.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.