De acordo com uma fonte do comando da GNR de Faro, as restrições vão vigorar entre as 18:00 de hoje e o final do dia de domingo, “sendo autorizada apenas a passagem a moradores e a pessoas acreditadas para o evento”.

“Devido à situação da pandemia [covid-19], ficará proibida a passagem a veículos e a todas as pessoas que não apresentem justificação válida”, detalhu a fonte.

A GNR vai montar ‘pontos de controlo’ nos itinerários junto ao nó de ligação da A22 (Via Infante de Sagres) à Mexilhoeira Grande e nas ligações ao autódromo a partir das zonas de Montes de Cima, Casas Velhas, Moinho da Rocha, Folga e Pereira.

De acordo com o comando da GNR do Algarve, o dispositivo mobilizado para a prova portuguesa, terceira ronda do Mundial de Fórmula 1, “é semelhante ao que foi implementado” há duas semanas por altura da corrida de MotoGP no circuito algarvio.

“São cerca de uma centena os militares que diariamente vão estar no terreno integrados no dispositivo de segurança”, apontou.

A segurança nas imediações e dentro do AIA vai ser assegurada por diversas valências da guarda, nomeadamente das divisões de trânsito, investigação criminal, territorial, cinotécnico (binómio homem/cão) e patrulhas a cavalo.

A 18.ª edição do Grande Prémio de Portugal de Fórmula 1 vai ser disputada, entre sexta-feira e domingo, no AIA, em Portimão, pelo segundo ano consecutivo, depois de se ter realizado no circuito citadino da Boavista, em 1958, em Monsanto, no ano seguinte, e no Estoril, entre 1984 e 1996.

O circuito algarvio vai acolher a terceira prova do Mundial, depois das corridas no Bahrain, vencida pelo britânico Lewis Hamilton (Mercedes), e em Itália, que terminou com o triunfo do holandês Max Verstappen (Red Bull).

Em outubro de 2020, Hamilton, heptacampeão mundial, venceu o Grande Prémio de Portugal, na estreia do circuito algarvio na Fórmula 1, tornando-se então no piloto com mais vitórias de sempre (92), superando o recorde que pertencia ao alemão Michael Schumacher.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.