Hamilton chega a esta terceira prova da temporada com um ponto de vantagem sobre o holandês (44 contra 43 de Verstappen) e hoje parte do segundo lugar da grelha de partida, à frente do seu rival da Red Bull, mas atrás do próprio companheiro de equipa, o finlandês Valtteri Bottas (Mercedes), que no sábado conquistou a ‘pole position’, com o tempo de 1.18,348 minutos.

Bottas deixou Hamilton a apenas 0,007 segundos de conquistar a centésima ‘pole position’ da sua carreira.

Hoje, os 20 pilotos em prova enfrentam as 66 voltas da partir das 15:00.

Tanto Hamilton como Verstappen somam uma vitória e um segundo lugar em cada uma das rondas anteriores, mas o facto de o britânico ter feito a volta mais rápida do GP Emília Romagna (Itália), há duas semanas, deu ao atual campeão mundial um ponto extra no campeonato, que lhe vale a liderança.

Esta será a 18.ª edição do GP de Portugal, que se disputa no quarto circuito diferente, depois da Boavista (1958 e 1960), Monsanto (1959) e Estoril (de 1984 a 1996).

Em 2020, depois de uma ausência de 24 anos, o AIA tornou-se no quarto palco diferente a acolher o Grande Prémio de Portugal de Fórmula 1.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.