Os parisienses seguem no topo, com 15 pontos de vantagem sobre o Rennes e o Marselha, embora o conjunto marselhês só domingo entre em campo para receber o Montpellier (11.º).

No PSG, com os portugueses Danilo e Nuno Mendes no onze, o argentino Messi fez as assistências para os tentos inaugurais de Neymar e Mbappé, respetivamente aos seis e 19 minutos, mas Dossou, ao 42, reduziu a desvantagem.

Na segunda parte, uma grande penalidade permitiu a Neymar voltar a marcar, aos 71, seguindo-se Mbappé, a passe do brasileiro, aos 74, e depois marcou de novo aos 80. Neymar beneficiaria, finalmente, da retribuição da assistência por parte de Mbappé para o 6-1 final.

Mbappá cimentou o posto de melhor marcador do campeonato, com 20 golos, além das suas 14 assistências.

Já o Rennes visitou e venceu hoje o Reims, por 3-2, e ascendeu provisoriamente ao segundo lugar da Liga francesa de futebol, com os mesmos 56 pontos que o Marselha, ainda por jogar nesta 31.ª ronda.

Em casa do 13.º classificado, os visitantes adiantaram-se no marcador com um ‘bis’ de Bourigeaud, aos 39 e 43 minutos.

Terrier ampliou a vantagem dos forasteiros, aos 58 minutos, mas dois minutos depois a equipa da casa marcou por intermédio de Busi. O Reims ainda reduziu ainda mais a desvantagem, já aos 81 minutos, graças ao golo de Cajuste.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.