Após um ‘nulo’ ao intervalo, o guineense Pelé inaugurou o marcador aos 51 minutos, através de uma grande penalidade, tendo o japonês Meshino, aos 54, e Carlos Mané, aos 78, aumentado a vantagem da equipa vila-condense, que quebrou uma série de três derrotas seguidas na prova.

O Rio Ave deu um ‘salto’ na classificação, para o nono lugar, com 14 pontos, enquanto o Portimonense mantém-se com 11 pontos, no 16.º e antepenúltimo lugar, podendo mesmo terminar a ronda com a lanterna-vermelha, caso Boavista e Farense vençam os respetivos jogos.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.