A cerimónia teve início às 19:00 na Real Companhia Velha, em Vila Nova de Gaia.

Na primeira jornada, a realizar-se no fim de semana de 20 de setembro, o Sporting vai receber o Gil Vicente, o Benfica vai a Famalicão e vai haver jogo grande entre o FC Porto e o SC Braga no Estádio do Dragão.

O primeiro clássico do ano decorre à 4ª jornada, no fim de semana de 18 de outubro, com o FC Porto a deslocar-se a Alvalade para jogar contra o Sporting.

O jogo grande seguinte ocorre apenas à 14ª jornada, com FC Porto a receber o Benfica no Dragão. No entanto, apenas duas jornadas depois, dá-se o dérbi de lisboa, com o Benfica a jogar contra o Sporting em Alvalade.

Na antevisão a este sorteio, já se sabia que a I Liga 2020/21 iria arrancar sem ‘clássicos’ nas três primeiras jornadas, de acordo com a lista de condicionantes para o sorteio das competições profissionais, divulgada na quinta-feira pela Liga Portuguesa de Futebol Profissional.

Com a intenção de “reforçar a proteção às equipas que disputam as competições europeias”, o organismo anunciou as condicionantes para o sorteio, uma das quais diz diretamente respeito aos cinco primeiros classificados da última edição da competição, que estarão envolvidos na Liga dos Campeões e Liga Europa: FC Porto, Benfica, Sporting de Braga, Sporting e Rio Ave.

“As equipas participantes nas fases de qualificação para competições europeias não podem jogar com os cinco primeiros classificados da I Liga da época transata (1ª,2ª e 3ª jornadas)”, refere o comunicado da LPFP.

FC Porto, campeão em título, Benfica (segundo colocado em 2019/20) e Sporting (quarto) não poderiam medir forças nas primeiras três jornadas, uma vez que os ‘encarnados’ vão estar envolvidos, pelo menos, na terceira pré-eliminatória da Liga dos Campeões, enquanto os ‘leões’ vão disputar a terceira pré-eliminatória da Liga Europa e, eventualmente, o ‘play-off’.

Outra das condicionantes é que alguns pares de equipas não podem jogar simultaneamente em casa ou fora, na mesma jornada, afetando isso “casais” como Benfica e Sporting, FC Porto e Boavista, Sporting de Braga e Vitória de Guimarães, Marítimo e Nacional, Gil Vicente e FC Famalicão e, por fim, Portimonense e SC Farense.

Sabia-se também que o Portimonense iria figurar no sorteio, já que, apesar de ter sido despromovido ao segundo escalão na última edição, foi reintegrado na I Liga . depois de na quinta-feira o Tribunal Arbitral do Desporto (TAD) ter confirmado o afastamento do Vitória de Setúbal da competição, por não preencher os requisitos necessários para a inscrição.

A edição 2020/21 da I Liga de futebol terá início no fim de semana de 20 de setembro, quase dois meses após a conclusão da última época, num período de paragem menor do que o habitual, e também mais tarde, devido à pandemia da covid-19. Por seu lado, a II Liga arranca em 13 de setembro.

‘Dragões’ Sérgio Conceição e Corona eleitos melhores treinador e jogador do ano

 Sérgio Conceição (FC Porto) foi hoje eleito melhor treinador da I Liga portuguesa de 2019/20 e Corona, também dos ‘dragões’, recebeu o galardão de melhor jogador, anunciou a Liga Portuguesa de Futebol Profissional.

O técnico campeão nacional pelos ‘azuis e brancos’ superou João Pedro Sousa (Famalicão) e Carlos Carvalhal (Rio Ave) nas escolhas dos treinadores e capitães da I Liga, enquanto Corona bateu a concorrência do companheiro de equipa Alex Telles e de Pizzi (Benfica).

Os vencedores, anunciados na cerimónia do sorteio dos campeonatos profissionais de 2020/21, que decorreu em Vila Nova de Gaia (Porto), sucedem a Bruno Lage e Bruno Fernandes, vencedores dos mesmos prémios na última temporada ao serviço de Benfica e Sporting, respetivamente.

Já no que toca ao prémio de melhor jogador da II Liga, o prémio foi para Ryan Gauld, jogador escocês do Farense.

O vencedor do prémio Jovem Jogador do Ano da I Liga foi para Pedro Gonçalves, médio que militava no Famalicão e que foi entretanto transferido para o Sporting. Já o mesmo prémio, mas referente à II Liga foi Daniel Bragança, médio vinculado aos leões, mas que esteve emprestado ao Estoril Praia.

Veja a lista completa dos prémios:

Liga NOS:

  • Melhor Jogador: Corona (FC Porto)
  • Melhor Treinador: Sérgio Conceição (FC Porto)
  • Melhor 11 do ano:
    • Guarda-Redes: Agustin Marchesin (FC Porto)
    • Defesas: Ricardo Esgaio (SC Braga), Rúben Dias (SL Benfica), Pepe e Alex Telles (FC Porto)
    • Médios: Pedro Gonçalves (Famalicão), Otávio (FC Porto) e Pizzi (SL Benfica)
    • Avançados: Taremi (Rio Ave), Corona (FC Porto), Paulinho (SC Braga)
  • Melhor Marcador: Carlos Vinícius (Benfica)
  • Melhor Golo: Zé Luís, pelo FC Porto, contra o Paços de Ferreira, na jornada 12.

Liga Pro:

  • Melhor Jogador: Ryan Gauld (Farense)
  • Melhor Treinador: Joaquim Rodrigues (Nacional da Madeira)
  • Melhor Guarda-Redes: Daniel Guimarães (Nacional da Madeira)
  • Melhor Marcador: Agdon (Oliveirense)
  • Melhor Golo: Rodrigo Dantas, pelo Casa Pia, contra o Estoril Praia, na jornada 20

 

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.