Domingues, 160.º classificado do ranking mundial, venceu em dois rápidos parciais, por 6-3 e 6-4, frente a um tenista posicionado vários lugares abaixo na hierarquia da ATP, em 198.º, após uma hora e 12 minutos de confronto.

O tenista português, que nunca tinha defrontado Galovic, procura ultrapassar a fase de qualificação da prova parisiense em terra batida e atingir pela primeira vez na carreira o quadro principal de um torneio do Grand Slam, defrontando nas meias-finais do ‘qualifying’ o vencedor do encontro entre o britânico Jay Clarke e o espanhol Alejandro Davidovich Fokina, semifinalista do Estoril Open de 2019.

Há uma semana, Domingues, de 25 anos, conquistou o segundo título da carreira no circuito ‘challenger’, ao vencer o argentino Facundo Bagnis na final do torneio de Braga, troféu que juntou ao alcançado em 2017 na prova italiana de Mestre.

João Sousa, 70.º classificado do ranking mundial e número um nacional, é o único tenista português com entrada direta no quadro principal da 123.ª edição de Roland Garros, que se realiza entre 26 de maio e 09 de junho.

(Artigo corrigido às 18:58 — retifica a informação inicial que dava conta de que João Domingues tinha sido eliminado)

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.