O piloto, que já tinha pedido para abandonar a equipa no final desta temporada apesar de ter mais um ano de contrato, vai ser substituído pelo piloto de testes, o finlandês Mika Kallio, já no Grande Prémio de Aragão do próximo fim de semana.

“Temos de tomar decisões para assegurar que usamos os nossos recursos da melhor forma possível e, atualmente, estamos numa direção positiva com a nossa estrutura de MotoGP”, explicou o alemão Pit Beirer, diretor desportivo da marca austríaca.

Johann Zarco foi responsável pela queda do português Miguel Oliveira (KTM Tech3) no GP da Grã-Bretanha, a 25 de agosto, que provocou ao piloto luso uma lesão no ombro direito que o tem condicionado nas últimas semanas.

Uma manobra que provocou críticas públicas do francês Hervé Poncharal, dono da equipa Tech 3, que faz alinhar o português no Mundial de MotoGP.

No entanto, até final da época, a KTM continuará a pagar o salário do piloto francês, ainda que o liberte “de todas as tarefas relacionadas com MotoGP”, esclareceu a marca austríaca.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.