"O Manchester United anuncia que o treinador José Mourinho deixou o clube com efeitos imediatos", pode ler-se num comunicado publicado no site oficial do clube inglês.

"O clube gostaria de agradecer a José [Mourinho] pelo seu trabalho durante o tempo que passou no Manchester United, desejando-lhe sucesso no futuro", continua.

Confirmada a saída do técnico do cargo, o United adianta apenas que o clube vai iniciar, de imediato, um processo de recrutamento para encontrar um novo manager.

Nos próximos dias será apontado um novo treinador interino — não foram avançados nomes — para gerir a equipa até ao final da corrente temporada.

A relação entre treinador, adeptos e direção do Manchester United estava por um fio há vários meses. Muito contestado no cargo, foi ainda assim recebendo apoio do clube, que decidiu manter o Special One — mesmo quando este teceu várias críticas por não receber reforços.

Este fim de semana terá sido a gota de água. Para além de ter sido derrotado diante o Liverpool, por 3-1, em Anfield Road, fez três substituições e o campeão do mundo, Paul Pogba, jogador pelo qual o Manchester pagou mais de 100 milhões de euros, não fez parte das opções.

Mourinho, de 55 anos, chegou aos ‘red devils’ em 2016/17, e ganhou uma Taça da Liga inglesa, Supertaça e uma Liga Europa.

Após 17 jornadas, o Manchester United ocupa o sexto lugar do campeonato, com 26 pontos, menos 19 do que o líder Liverpool.

Uma saída anunciada 

Dispensado do Chelsea em dezembro, na sua segunda passagem pelo clube londrino, José Mourinho, sucedeu ao holandês Louis Van Gaal, apenas um dia depois deste ter conquistado a Taça de Inglaterra.

Em Old Trafford, Mourinho tinha a tarefa de recolocar o Manchester United na rota dos triunfos e entrou pela 'porta grande'. Desde a saída do treinador Alex Ferguson em 2013, o clube com mais títulos na 'Premier League' (20), não voltou a ganhar o campeonato.

Com oito títulos de campeão em quatro países diferentes (Portugal, Inglaterra, Itália e Espanha), Mourinho ostenta no currículo duas vitórias na Liga dos Campeões, uma com o FC Porto (2004) e outra com o Inter Milão (2010), e um triunfo na Taça UEFA, também com os 'dragões' (2003) e uma Liga Europa (2016/2017) ao serviço do Manchester United.

O Manchester United foi o sétimo clube na carreira de Mourinho enquanto treinador principal, depois do Benfica, União de Leiria, FC Porto, Chelsea, Inter Milão e Real Madrid.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.