Após o 1-1 em Nápoles, a formação de Antonio Conte esteve a perder, culpa de um tento do brasileiro Diego Farias, aos 12 minutos, mas restabeleceu a igualdade ainda na primeira parte, aos 39, pelo croata Ivan Perisic.

Apesar dos dois pontos perdidos, o Internazionale aumentou, provisoriamente, para 10, a vantagem para o segundo classificado, já que o AC Milan fez ainda pior, ao perder por 2-1 na receção ao Sassuolo, culpa do suplente Giacomo Raspadori.

A formação da casa, com os portugueses Diogo Dalot e Rafael Leão de início ao fim, adiantou-se no marcador aos 30 minutos, pelo turco Hakan Çalhanoglu, mas o internacional sub-21 italiano entrou 64 e ‘bisou’, com tentos aos 76 e 83.

O Inter ficou, assim, com mais 10 pontos do que o AC Milan (76 contra 66), mas, na quinta-feira, a Atalanta, provisoriamente no quarto lugar (64), pode ascender à vice-liderança, se vencer fora a Roma (sétima, com 54), de Paulo Fonseca.

Ao pódio, com 65 pontos, subiu, também à condição, a Juventus, vencedora dos últimos nove campeonatos, que recebeu e bateu o Parma por 3-1, após começar a perder, devido a um livre direto apontado com classe pelo uruguaio Gaston Brugman, aos 25 minutos.

O conjunto de Turim acabou por dar a volta com três golos apontados por defesas, primeiro um ‘bis’ do lateral esquerdo brasileiro Alex Sandro, ex-jogador do FC Porto, aos 43 e 47 minutos, e depois um tento do central holandês De Ligt, aos 68.

Depois de ter falhado o encontro anterior, o desaire por 1-0 em Bérgamo, o internacional português Cristiano Ronaldo voltou, mas apenas conseguiu ver um cartão amarelo, mantendo-se, ainda assim, na liderança dos marcadores, com 25 tentos.

Nos outros encontros, destaque para o Cagliari, que conquistou três importantes pontos na luta pela manutenção, embora continue em 18.º, ao vencer por 1-0 em Udine, graças a um penálti do brasileiro ex-Estoril Praia João Pedro Galvão, aos 55 minutos.

Por seu lado, a Sampdoria ganhou por 1-0 em Crotone, com um golo de Fabio Quagliarella, o Torino empatou 1-1 em Bolonha e o Benevento conquistou um ponto em Génova (2-2), com o veterano macedónio Goran Pandev a ‘bisar’ para os locais.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.